terça-feira, 1 de setembro de 2009

Quanto custa ?

Tenho pensado muito em quais critérios nós usamos pra avaliar as coisas e as pessoas. E é lógico que todo mundo faz isso a todo momento. O que acontece é que a preocupação com o preço sempre existe, de uma forma ou de outra, o meu questionamento é se damos o mesmo grau de preocupação em relação aos valores. 
No livro "O Pequeno Príncipe", no mesmo capítulo que consta o motivo do nome do blog , ele fala que o ser humano tem uma certa "mania" de dar números a tudo.
O fato é que em geral, estamos deixando de nos preocupar com os valores de muitas coisas. E isso não tem nada a ver com números.
Quanto custa a palavra de um homem ?
Eu posso dizer que já vivi momentos que me fazem pensar muito nisso. E cada dia que passa eu acho mais que não damos valor nenhum àquilo que mais importa.
As pessoas estão deixando de achar que ser íntegro vale alguma coisa. Antigamente e até hoje em algumas culturas, a "palavra" é o que de mais importante um homem tem.
E hoje pessoas falam : "eu prometo", "eu te juro"; com nenhuma veracidade. Jogam com os sentimentos dos outros sem nenhum remorso.
É só pensarmos nos nossos relacionamentos, quantas vezes não ouvimos o "você  é a mulher (homem) da minha vida", "te farei feliz pra sempre", "nunca vou te magoar" e aquele resto de coisas que nós sabemos bem o que é (principalmente se você for mulher).
E então depositamos toda a nossa felicidade, toda nossa esperança, nossa alegria naquela palavra que não tinha valor nenhum. E só vamos descobrir isso quando nos encontramos perdidos, cometendo sandices que jamais fariamos, perdendo nosso amor próprio pra dizer : "mas você prometeu!". E quando os anos se passaram e você dedicou a sua vida em um projeto que deixou de existir, ou só existiu na sua cabeça ?
Quanto custa o amor verdadeiro ?
Quantas lágrimas são necessárias pra se conseguir ser feliz ?
Quanto custa o perdão?
Quanto custa o tempo perdido de alguém se dedicando a uma mentira ?
Eu já amei alguém mais do que a mim mesma (não tentem fazer isso em casa), perdoei mil vezes pelo mesmo motivo, e depois disseram a ele que algum dia ele iria encontrar alguém que o amasse de verdade. Então amar de verdade é não ter amor próprio ? É viver sofrendo e vivendo uma decepção constante ?
O fato é que tudo isso tem muito valor e não tem preço nenhum.
Então pessoas, passem a dar valor àquilo que falam e que demonstram, deem valor as suas promessas, porque alguém pode estar contando com elas em um projeto de vida!

3 comentários:

  1. Nossa...Nanda, nunca foi tão certo o que vc escreveu!
    Nós mulheres smpre temos esse costume de amar mais a outra pessoa do que a nós mesmas né?...Mas tenho esperança que um dia essa historia mude...rs
    E tomara que não seja sempre pela dor que aprendamos isso né...rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Flavia23.10.09

    Nanda,
    adorei este posto, em especial, um pensamento q sempre me lembro é mais ou menos assim: "se o q vc vai fazer, resultar numa lagrima para alguem, entao não faça".
    bjs
    flaviaventurini@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. É melhor nunca ouvir um ¨jamais vou te magoar¨"pois sabemos q isso nao é verdade.
    Pior de tudo é jogar a culpa de uma decisao nossa no outro. A gente pode escolher sumir no mundo e viver nossa vida...podemos escolher nao didicar-se tanto ao outro...mas o pior de tudo é jogar um pedaço da nossa vida no lixo por uma promessa q sempre foi uma mentira.
    Hoje eu posso escolher nao estar casada..mas estou.
    Só que nesse momento tomei uma decisao muito importante:
    se posso escolher amar muito uma pessoa, entao porque nao escolher me amar mais do que eu amo essa pessoa?!
    Escolhe estar casada...mas escolho viver por mim e gostaria que todas pudessem fazer o mesmo!

    Bjos Nanda

    ResponderExcluir