terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Eu fui uma péssima blogueira

Fiquei aqui pensando muito tempo por onde é que eu deveria começar. Pensei em pedir desculpas aos meus seguidores que eram tão fiéis, pensei em postar uma música linda e fingir que nenhum tempo se passou depois da última postagem, pensei até em não começar a escrever e desistir mais uma vez de postar, porque eu juro que abri essa página várias vezes em todos esses meses tentando escrever alguma coisa, mas sempre eu pensava que era tarde demais pra retomar, então eu desistia.
Mas se eu desistisse outra vez, nunca, ningúem viria aqui postar por mim. E eu estava cansada de ver sempre aquela mesma página, sem nenhuma mudança.
Acontece que foi aí que eu percebi que estava fazendo com o blog algo que eu odeio fazer com a minha vida: Desistir !
Eu já desisti várias vezes de retomar algo importante pra mim, por puro medo de ser tarde demais, e cada dia que passava ficava mais distante e sempre mais difícil. E então eu ficava sonhando em como seria se eu pudesse voltar atrás e fazer tudo diferente, de como seria fantástico se eu não tivesse desistido.
No entando, enquanto eu ficava sonhando, o mundo me dava várias chances de fazer novamente, de uma forma quase mágica o Universo me dava mais uma chance de mudar, e em várias vezes eu tornei a fazer tudo igual.
E quando tomamos o mesmo caminho, não pode haver outro resultado que não seja aquele que já conhecemos.
E eu decidi que eu não vou mais desistir, eu vou fazer o que eu tenho que fazer para que no futuro o meu mundo esteja diferente.
E caso seja tarde demais, não me importa! Retomarei meus sonhos mesmo assim, se for tarde pra alguns, novos vão surgir. E pra quem quer um mundo diferente, é necessário que tenha ações diferentes.
Eu cansei de abrir essa página e estar sempre igual, eu cansei de chegar dia 15 de fevereiro e estar tudo sempre igual.
Eu quero mudanças, cansei de lamentar, cansei de chorar, cansei de ter medo de não dar certo.
Eu posso escrever agora pra ninguém ler, pode ser que meus leitores desistiram de mim. Mas sempre há a possibilidade de haver novos leitores, os bons amigos, e aqueles que tinham um carinho especial pelo blog voltarem.
Pois é disso que precisamos pra continuar: de coragem, de determinação, de bons amigos e de um coração aberto pra receber aqueles que chegarem ou aqueles que resolverem voltar.
Hoje eu posso achar que eu fui uma péssima blogueira, mas não tenho mais medo daquilo que não tentei fazer.
Eu gosto de escrever. E daí que eu não consiga postar todo dia ou toda semana? Se eu não postar será porque eu não tenho nada pra dizer e não ficarei dando desculpas por sumir. Mas não será mais por preguiça ou falta de coragem.
Esse espaço é meu e para quem quiser aqui estar. Pensarei no blog da mesma forma que estou pensando em minha vida: Serei apenas EU, do jeitinho que eu sei ser EU - com meus acertos, meus defeitos e tentativas de melhorar.
Que fiquem ou que voltem somente aqueles que se sintam bem por aqui, o meu coração ou o blog sempre estarão abertos para aqueles que queiram fazer parte deles.
Pelo menos para aqueles que se sintam felizes com o que conseguem ter de nós.
Um beijo renovado da Nanda!

3 comentários:

  1. Vinícius15.2.11

    Há pessoas cometas e há pessoas estrelas.
    Os cometas passam, apenas são lembrados pela
    data que retornam e depois desaparecem.

    ''As estrelas permanecem''.
    Importante é ser estrelas, permanecer, ser calor, ser vida.
    Amigo é estrela
    Os anos podem passar mas
    as marcas ficam no coração,
    assim são os amigos
    na vida da gente, pode se contar com eles.

    São coragem nos momentos difíceis,
    são luz nos momentos de desanimo.

    Ser estrela nesse mundo de cometas é um
    desafio, mas acima de tudo é uma recompensa.

    É nascer e ter vivido e não apenas
    "EXISTIDO"


    Que legal que vc reviveu esse blog, pois todos nós estávamos com saudades dele e de vc tbm!
    Parabéns pelo recomeço...
    E quero continuar, como sempre, permanecer em sua vida!!

    Amo você!

    ResponderExcluir
  2. Q bom amiga que você voltou.
    sentimos sua falta e de sua redação...
    sentimos falta de ter você virtualmente presente em nossas vidas... desmistificando o ser que é ser você da maneira mais ilustre e também mais desnuda que se possa realizar...
    somos sentimentos, é... e como somos...
    não é feio ser sentimento latente... é feio não ter coragem de se mostrar assim... covardia é se esconder diante do que sentimos e deixar que as lembranças nos sufoquem... Extravase... se mostre... despreenda... Viva... estamos no mundo para passar qlquer que seja a mensagem... não podemos deixar o mundo sem saber o que pensamos e muito menos, o que realmente sentimos. Amo muito vc... Você é estrela na minha vida... não cometa....

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei o post!!!

    ^_^•

    Vc é sensacional!!! E o selinho de Blog Viciante é muito bem "selado" no teu!!!

    Bjss

    ResponderExcluir