sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

História de Quinta

Era uma quinta-feira que de tão linda e carregada de emoções, trouxe outra com ela. E por querer tanto existir, trouxe mais uma doce quinta-feira. Porém, de tão medrosa que era, não trouxe mais nada.
Perdeu-se antes da quarta e não sobreviveu a quinta.
Assim, sem mais nenhuma quinta-feira, não aconteceu um sábado, não existiu um mês e nem um ano.
E sem sentimentos, sem verdades ou mentiras, nem saberia dizer como aquela quinta-feira começou essa história.
Logo, inventou-se uma.
O problema é que qualquer história sem memórias, acabaria se tornando uma história de quinta.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Inconstância

Sinto se esvaindo e dói.
O perfume que ficou aqui, não se foi.
As palavras que ouvi, ainda as escuto.
Vejo a verdade confusa nos olhos.
E o que ficou na memória, machuca.

Queria, talvez, que voltasse.
Mas o talvez é muito pouco
Pra um mundo que existe o amor.

E o que entrego de todos aqueles dias
São apenas 71 palavras
E algumas lembranças bobas
Que, talvez, me façam sorrir.
Talvez!